Monday, July 18, 2011

Resenha: Love Story, de Jennifer Echols

Love Story
por Jennifer Echols

Publicado em 19/7/11 pela editora MTV Books (selo da Simon & Schuster) em paperback, em Inglês, com 256 páginas. Exemplar lido: Advance Reader's Copy fornecido pela autora.

Outros romances da autora: Going Too Far (Longe Demais) e Forget You (Como Fui Esquecer Você).
She's writing about him. he's writing about her. And everybody is reading between the lines..

For Erin Blackwell, majoring in creative writing at the New York City college of her dreams is more than a chance to fulfill her ambitionsit's her ticket away from the tragic memories that shadow her family's racehorse farm in Kentucky. But when she refuses to major in business and take over the farm herself someday, her grandmother gives Erin's college tuition and promised inheritance to their maddeningly handsome stable boy, Hunter Allen. Now Erin has to win an internship and work late nights at a coffee shop to make her own dreams a reality. She should despise Hunter... So why does he sneak into her thoughts as the hero of her latest writing assignment?

Then, on the day she's sharing that assignment with her class, Hunter walks in. He's joining her class. And after he reads about himself in her story, her private fantasies about him must be painfully clear. She only hopes to persuade him not to reveal her secret to everyone else. But Hunter devises his own creative revenge, writing sexy stories that drive the whole class wild with curiosity and fill Erin's heart with longing. Now she's not just imagining what might have been. She's writing a whole new ending for her romance with Hunter... Except this story could come true.
Escrever resenhas já é uma luta, imaginem escrever uma sobre um livro escrito por Jennifer Echols minutos após terminar a leitura dele. Mil ideias brotando! Uma guerra entre o que quero, ou devo, ou não devo, ou deveria contar. Adiei todas as outras resenhas que pretendia postar antes... Tudo apesar de saber que não consigo colocar no "papel" nem um terço do que, de fato, sinto e gostaria de passar para quem lê minhas resenhas.

Há diversos pontos os quais fazem
Love Story ser uma história diferenciada... E estes pontos se conectam de uma maneira, particularmente, incrível ao trazer tamanha intensidade às emoções do leitor.

Jennifer sabe bem como desenvolver seus personagens (em especial, nossos protagonistas) em vários aspectos, simultaneamente, ao passo que a trama anda
Erin e Hunter crescem com a história, se conhecem, se reconhecem, aprendem juntos a decidirem o que é melhor para cada um. Já ao contrário de
Going Too Far e Forget You, Love Story é bem mais intensoem relação à reflexão dos próprios personagens e ao relacionamente entre elesque emotivo e dramático em relação ao sentimento, à participação do leitor.

Bom... Nem Erin nem eu entendíamos bem o que Hunter queria da vida até certo ponto da história... Ele é uma incógnita durante boa parte do livro que vai revelando suas (e alheias) intenções aos poucos.
O fato de tudo acontecer basicamente a partir do passado de
Erin e das aulas de Creative Writing nos permite ter contato com textos do ponto de vista tanto dela como de Hunter. Isso tudo cria inúmeros conflitos, mal entendidos, dúvidas... Que movimentam a história, que os leva a fazer descobertas sobre si mesmos e seus anseios, uma vez que os textos são, aparentemente, a principal via de comunicação interna entre eles.

Quanto ao cenário... Único. Em New York, parte em aulas de Produção Textual, outra nos dormitórios... Parte na fazenda dos Blackwell e outros ambientes parecidos. Sinceramente, foi novidade para mim em romances YA até agora... Apesar de ser curta, uma cena de Erin na fazenda me satisfez bastante! Ela, de fato, passou uma sensação de liberdade da personagem para o leitor, e a descrição do ponto de vista de Erin foi fundamental.

E... Só. Por enquanto, só. Nunca sei bem como falar literalmente sobre estes livros da Jennifer que me fazem sentir tão bem! Ela tem
o dom. Love Story foi diretamente para a minha estante de favoritos, para ficar lá juntinho de Going Too Far e Forget You. E que venha Such A Ruch em 2012! Preciso dizer que AMO Jennifer Echols? Não, né... Está mais do que claro. Recomendo TODOS os livros dela. (Até os que eu não li, ok? Leiam e me contem sobre!) Ponto.

8 comments:

  1. SOCORRO!
    PRECISO DESSE LIVRO, RAÍLA!
    como eu lido com essa vontade inevitável de ler Jennifer Echols?
    E AGORA? preciso desse livro pra ONTEM!
    *cries*

    MUITO LINDA sua resenha *_*
    somos duas apaixonadas pela Echols!
    *hold hands*

    XD

    ReplyDelete
  2. QUE LINDOOOOOO!
    Ele parece ser bem mais maduro do que os outros livros dela! A Echols realmente tem um dom de escrever histórias que são impossiveis de largar!
    Eu queroooooooooo LER! haha #fãalucinada
    =)
    bjs

    ps: muito chique receber da autora! com autografo e tudo? *inveja branca*

    ReplyDelete
  3. EU QUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERO.
    AGORA.
    Adorei. Adorei a sinopse, adorei a capa, o título e sua resenha me fez querer que Love Story fosse o primeiro livro da jenifer echols a ler.
    Amei!

    Beijos! *-*

    ReplyDelete
  4. Minha única experiência com a Jennifer não foi muito legal. Não pela narrativa, eu amei a forma como ela narra. Mas achei a protagonista muito vazia... Mas gostei da sinopse dele. Acho que vou dar uma chance depois dessa resenha ^^

    ReplyDelete
  5. Ain preciso desse livro.Pq algo me diz que esse livro é mais intenso que os outros?
    Espero que a Editora Pandorga tbm publique esse livro,ou que o BD passe a vender novamente o livro (esgotou né).

    Bjs
    Raíla adorei sua resenha!!!

    ReplyDelete
  6. Estou ansiosa par ler Love Story porque amei Going too far e Forget you.
    Adoro narrativas divididas por diferentes perspectivas.

    Linda resenha!

    Bjs :)

    Diana
    @wonderbooks

    ReplyDelete
  7. Raíla, olá tudo bom??
    Vim aqui pq vi no blog da Nii que vc tinha lido esse livro que é mais que maravilhoso. Eu não preciso ler para saber que é bom, é da Jennifer Echols né!!

    Adorei a forma como vc escreveu sua resenha. Foi bem diferenciada, ou não sei se é porque é sobre um livro da Echols, que são bem reflexivos. E já sabe né, o que vc sentiu pode ser totalmente diferente do que eu vou pensar quando ler.

    Mas então, muito obrigada por ter ido com sede ao pote, ter comprado o livro, ter lido finalmente e ter trago essa resenha linda pra gente. Thanks!

    XOXO, da Lisse

    P.S: Se nas próximas resenhas vc puder traduzir a sinopse seria ótimo! Só faltou isso, pq meu inglês é PÉSSIMO!

    ReplyDelete
  8. Oi, Clarisse! Obrigada! Anotei sua dica! :-)

    ReplyDelete

Related Posts with Thumbnails