Friday, June 10, 2011

Resenha: The Hunger Games, de Suzanne Collins

The Hunger Games
Autora: Suzanne Collins
Editora: Scholastic
Gênero: YA/Dystopia
Publicação: 14/9/2008
Páginas: 384 (Paperback)
Katniss is a 16-year-old girl living with her mother and younger sister in the poorest district of Panem, the remains of what used be the United States. Long ago the districts waged war on the Capitol and were defeated. As part of the surrender terms, each district agreed to send one boy and one girl to appear in an annual televised event called, "The Hunger Games." The terrain, rules, and level of audience participation may change but one thing is constant: kill or be killed. When her sister is chosen by lottery, Katniss steps up to go in her place.
Diferente de uma maioria, creio, não caí de amores por The Hunger Games. Provavelmente, depois de tanto ler resenhas desesperadas e apaixonadas pela série, minhas expectativas estavam muito acima do que a realidade me trouxe. Não senti a carga pesada de violência, suspense ou tensão durante a leitura, pelo contrário... Tive a sensação de monotonia até, pelo menos, pouco antes da metade do livro, devido à descrição e apresentação deste novo mundo, deste futuro no qual está inserido The Hunger Games. Por outro lado, a narração da Katniss e o desenvolvimento de mais diálogos conseguiram me conquistar na segunda metade.

É realmente incrível e inovador o mundo futurístico criado e bem explicado por
Suzanne Collins. Panem é um território dividido em 13 distritos, sendo cada um responsável por um tipo de produção voltado para a economia nacional, e a Capital, centro da centralização política extremamente rígida e cruel. Após uma rebelião, no entanto, o 13º distrito foi destruído. Como punição aos rebeliões, a Capital cria os Hunger Games (Jogos Vorazes), do qual participam um menino e uma menina, entre 12 e 18 anos, de cada distrito, escolhidos através de um sorteio no Dia da Colheita para lutarem apenas pela própria sobrevivência nos Jogos.

Katniss Everdeen é a nossa protagonista e narradora, moradora do Distrito 12 nas condições mais pobres de Panem, que sustenta a mãe e a irmã após a morte de seu pai. Determinada a, de fato, exercer o papel de seu pai, a vontade de viver para evitar o sofrimento de sua família e sua coragem é o que dá sentido às suas ações na trama, sendo uma das raras, fortes personagens que encontramos hoje em dia em livros YA!

Apesar de ter lido aos poucos, de Setembro de 2010 a Junho deste ano, consegui dar continuidade e finalizar a leitura. É difícil avaliar
Hunger Games dessa maneira... Mesmo que da metade para o final, o livro cresceu, me conquistou (em especial, quando o Peeta aparece de vez) e me deu vontade de ler o próximo, Catching Fire. Não se tornou um favorito, mas não pude dar menos que 4 estrelinhas!

Um
plus aqui... Quero cenas legais com participação do Gale para poder avaliar melhor o aspecto romântico. Adorei o Peeta, adorei os diálogos dele com a Katniss e fiquei com peninha dele... Mas... Não tem como avaliar! Quero mais!

5 comments:

  1. Você expressou o que eu senti quando terminei de ler The Hunger Games. Todos falavam que era as mil maravilhas, o melhor livro já escrito, simplesmente foda e tudo o mais... E não é.

    The Hunger Games é só mais um livro. É bem-escrito? Sim. Tem uma história ótima? Muito boa. Tem personagens bem-trabalhados? Sim. Mas não é nada mais que um bom livro, não é algo surpreendente ou inovador ou tudo o que todos falam.

    Entretanto, com Catching Fire a história é diferente. O livro é indiscutivelmente superior a The Hunger Games, tem uma história muito mais envolvente, apesar de forçar quando traz Katniss de volta aos Jogos, numa tentativa clara de enrolar ou dar um pouco de ação ao livro. Mas isso não chega a interferir na qualidade de Catching Fire, que, ao contrário de The Hunger Games, conseguiu me conquistar e me deixar ansioso para o último livro, Mockingjay.

    ReplyDelete
  2. Eu ainda não li Jogos Vorazes (shame on me), então não sei muito o que dizer, se estou ansiosa ou não. Antes, com todas aquelas resenhas empolgantes, eu estava subindo pelas paredes. Daí, o tempo foi passando e eu não conseguia ler o livro (tarefas e mais tarefas na faculdade), então acabou que eu fiquei nessa inércia.
    Mas emprestei o livro pra minha avó e ela gostou. Ela falou que o final é meio ruim, mas só porque não sabia que tinha continuação. Agora ela está empolgada de novo! =D

    Adorei a sua resenha!
    Beeijo! ;3

    ReplyDelete
  3. YAY! Terminou HG!!! =D
    Bom, eu tinha o mesmo pensamento que você em relação ao Gale: queria mais cenas legais com ele... maaaaaas, errr... depois eu parei de querer hahahaha!
    Anyway, a melhor parte da série mesmo é em Catching Fire!! *-*

    ReplyDelete
  4. Obrigada, Tatiana! Não só por este comentário, mas por sempre deixar sua opinião aqui no blog. :-) Fiquei nessa mesma inércia durante MESES! Espero que você consiga lê-lo em breve. :*

    ReplyDelete
  5. @Juliana: Hhuaheuhuheuh. POR QUÊ!? Estou ansiosa para os próximos livros... Comprei o box e espero que chegue LOGO! :D

    ReplyDelete

Related Posts with Thumbnails