Thursday, January 13, 2011

Resenha (35): Sing Me To Sleep, de Angela Morrison

Sing Me To Sleep
Autora: Angela Morrison
Editora: Razorbill
Gênero: YA Romance/Drama
Publicação: 4/3/2010
Páginas: 301 (Hardcover)
BETH HAS ALWAYS BEEN “THE BEAST”—that’s what everyone at school calls her because of her awkward height, facial scars, and thick glasses. Who could love a beast? Beth’s only friend is geeky, golden-haired Scott. That is until she’s selected to be her choir’s soprano soloist and receives the makeover of a lifetime. Suddenly, everyone wants a piece of Beth.

Things only get better when her choir travels to Switzerland and Beth meets the mysterious Derek. They have an incredible whirlwind romance that makes Beth realize, for the first time, she too can find love. She’s no longer The Beast. In Derek’s eyes, she’s a beauty. But then Scott makes a heartbreaking confession to Beth that leaves her completely torn. Should she stand by sweet, steady Scott or follow the dangerous passionate feelings she has for Derek?

And there’s an even bigger problem: Derek’s got a secret... One that could shatter everything.
Demorei eras procurando o momento ideal para ler Sing Me To Sleep, e finalmente o encontrei. Era o momento em que eu precisava liberar lágrimas, sabem? Foi a leitura que me cativou, de verdade, mas apenas depois de muitas páginas, depois de ter passado a irritação causada pelos personagens.

Quando a Beth é totalmente transformada, tornando-se mais bela aos olhares, posto que agora ela fará o solo do grupo de canto ao qual ela faz parte, tudo parece mudar repentinamente na vida dela. Para disputar um concurso, eles viajam para a Suíça, onde Beth conhece Derek. Não vou dizer que é impossível algo assim acontecer, mas... O cara já estava obcecado pela garota apenas por ouvir a voz dela. E, bom, a maneira como o romance deles começa é repentino demais. Eu, particularmente, não achei o momento bem apropriado, achei um pouco forçado. É, até aí, nada de tão estranho tinha me irritado.

A partir daí, o Derek parecia querer mandar na Beth, sabem? Não no sentido brutal da coisa, mas no bizarro. Ele quase consegue convencê-la de sair do grupo de canto do qual ela participava para entrar no dele. Quase. Digo, alguns acontecimentos relacionados a esse comportamente dele podem ser tidos como bestas. No entanto, sendo constantes e um atrás do outro, incomodavam. Chegava uma hora que eu tinha vontade de dar uma tapa na cara do Derek. Tenho que concordar com o Scott, melhor amigo da Beth: de vez em quando, ele era creepy. Mas... Bom, no final, o que ele faz pode ser compreensível. Leiam o livro, vocês entenderão.

Enquanto estavam na Suíça, tudo era muito lindo... E o Derek, apesar de todas essas minhas reclamações, também poderia ser um fofo. Ao voltarem para suas respectivas casas, o contato fica mais difícil e um monte de dúvidas fazem parte da mente de Beth. Foi aí que a história começou a ficar BEM mais legal. Outros fatores da trama entraram, tanto para alegrar quanto para entristecer, causar vários tipos de emoção... Aliás, ainda temos o Scott.

Tão repentino que também me pareceu um pouco forçado e irreal foi o amor do Scott pela Beth. Sim, ele é lindo, conhece a Beth muito melhor do que qualquer um e diz amá-la desde que era rotulada A Fera por não ser tão bonita aos olhares. Apenas foi difícil de acreditar de cara, ele não conseguiu me convencer nas primeiras frases.

Ai... Tantas reclamaçãos e irritações... Vocês devem estar pensando que sou uma louca por ter dado quatro estrelinhas. A coisa é: meus sentimentos para com a história são muito mesclados, muito confusos. Ela me irritou, me fez querer jogar o livro na parede, sim. Mas também me fez sorrir, achar tudo lindo e chorar de soluçar ao longo de uns 3 ou 4 capítulos do final. Infelizmente, só consegui entender e descobrir certas coisas e momentos na reta final... E é por isso que estrelinhas, notas, ou qualquer outra coisa, não farão juz a nada que eu disser, porque nem eu sei.

Enfim, eu recomendo a leitura, recomendo que leiam e não desistam. E chorem se sentirem vontade. Sing Me To Sleep é, de verdade, uma história muito bonita para ser deixada de lado. Leiam até o fim e compreendam.
BOOK DEPOSITORY | AMAZON | CULTURA*
*Ganhe 10% de desconto ao comprar SING ME TO SLEEP através deste link.

9 comments:

  1. Aiii que vontade de ler! *_*
    Estou doida por esse livro! Vou colocar no próximo carrinho! =o
    Eu amo livros que me fazem chorar! haha

    Raíla tenho uma perguntinha... como vc colocou o contador do "Challenge" ?
    bjos

    ReplyDelete
  2. Eu acho essa capa linda DEMAIS e só a sinopse já me conquistou. Mas tenho lido algumas resenhas que me colocaram um pouco pra baixo. É LÓGICO que eu vou ler, pra ver o que eu acho do livro, mas estou ficando meio desanimada...

    Adorei a resenha!
    Beeijo! ;3

    ReplyDelete
  3. Eu tenho esse livro aqui na estante e vai ser o próximo livro que eu vou ler, eu adorei sua resenha por que eu entendo seu ponto de vista "meio confuso" hahaha. Sua opinião foi super sincera e me encheu de vontade de ler.

    Beijos!
    Maria Clara.
    www.thecoffeesandbooks.blogspot.com

    ReplyDelete
  4. Caramba, fiquei de boca aberta com a sua declaração do livro. É um sentimento q a gente tem com alguns livros, mesmo. Vc expressou bem, adorei. E agora me deixou com vontade de ler tbm. hehehehehe.
    Bjs

    ReplyDelete
  5. Olá!

    Deve ser realmente muito bom este livro! Não tenho costume de ler livros em inglês, mas é uma boa hora para tentar, não?

    Abraços e sucesso!

    ReplyDelete
  6. Só a capa desse livro que me atrai.... pelas resenhas e sinopse que li, me parece um saquinho haha

    ReplyDelete
  7. LOL ficar com raiva e querer jogar livro na parede é cruel! hahaha mas whatever... nem todo livro agrada.
    A capa do livro é um amor *o* tão fofa! Esse é um dos livros que estão na minha listinha eterna... um dia ainda leio!
    BTW, livros com sentimentos contraditórios me irritam! (tipo... Thirteen reasons why) e eu tenho tendencia a não gostar deles... mas eu leio mesmo assim! ><

    ReplyDelete
  8. I really loved this book. Super sad but great nonetheless. :)

    ReplyDelete
  9. ADORO livros amor e ódio hahaha adoooooro mudar de sentimentos em relaçao a ele constatemente durante a leitura...

    ReplyDelete

Related Posts with Thumbnails